18.12.11
Era um vez uma mulher, que estava sentada á frente de uma médica, talvez da idade dela que depois de muito olhar para o resultado dos exames e depois de a ter examinado lhe disse: - penso que não é nada de preocupante, apenas velhice!. - melhor assim penso a mulher. Saiu e andou nos corredores daquele hospital que ela conhecia tão bem cada desvio, cada recanto, cada especialidade. Já no centro comercial de acesso ao parque de estacionamento, olhou aquela montra e ficou seduzida pelas natas com um ar tão fresco... hesitou, deu dois passos em frente e rapidamente dois atrás. Sem hesitar pediu: - uma nata e um café e também uma colher... para comer a nata.. pagou e pensou um roubo! Sentou-se numa mesa comprida cheia de gente sem se incomodar. Come o creme da nata há colher, como um criança que rapa o resto da massa de um bolo, como se essa fosse a melhor parte. depois dobrou a massa folhada e acabou com ela em duas dentadas bebeu o café e foi. Foi para o parque de estacionamento e olhou o seu carro, adorava aquele carro. Parou a observar as mossas os riscos, as amassadelas, olhou triste e pensou deve mesmo ser a velhice que me faz ser tão pouco cuidadosa! Dirigiu-se à caixa para pagar o estacionamento e meteu o cartão na ranhura da máquina e viu o valor pagar, novamente pensou um roubo! Saiu para a rua, tinha que voltar para o escritório e voltar trabalhar. Conduziu ao som da musica que e sentia cada poema,cada nota e cantava, como se a musica fosse dela. Ela adorava musica penso até que era uma das coisa que mais gostava. Ela era doente!
publicado por melodiadaspalavras às 12:34

13.08.10

é assim que me sinto, como alguém atordoada pelo rodopiar acelarado da montanha russa!

sinto-me assustada, com medo de me perder de cair a alta velocidade da montanha russa, da montanha russa  em que se tornou a minha vida!!!!

agarro-me com força, muita força para nao cair, não saltar a voar e depois desfazer-me no chão.

vou fazer 45 anos e estou longe da paz que achava que deveria ter nesTA ALTURA........

fui mãe porque quis, amo as m&m!

casei porque quis...

 

porqur me sinto prisioneira desta familia? porque nunca tenho tempo para mim, porquê que tenho que arranjar  todas as soluções, porque tenho que tomar tantas decisões.... porque tenho que ter uma doença com a qual luto ferrozmente todos os dias.....

 

EU SÓ QUERIA SER ESCRITORA... E NUNCA ESCREVO!!!! TUDO ESTÁ À MINHA FRENTE

 

continuo na montanha russa cheia de medo, com medo de cair.... com medo de me esquecer de mim, de me perder no meio das minhas obrigações, dos meus compromissos....

 

e a montanha russa, corre desenfreadamente!!!

 

 

tags:
publicado por melodiadaspalavras às 17:32

14.08.09

Quando chegou a casa, à cerca de 13 anos, vinha no bolso do casaco do meu marido de tão pequenina que era. Era uma bolinha de pelo cinza claro e olhos azuis. a primeira noite dormiu enroscada nos meus cabelos, mas depressa adoptou a mini me como dona dela e passou a dormir no meio dos caracóis da mini me.

Treze anos é muito tempo para uma gata, principalmente para uma gata que tinha a mania que era pára-quedista e uma vez decidiu voar do 5º andar até ao rés-do-chão. Era uma doce gata, mas deixava-me com os cabelos em pé sempre que aguçava as unhas nos meus tapetes, ou quando fazia fintas nas minha pernas, isto desde o meu quarto até à cozinha, pois eu é que lhe dava de comer .Depois passávamos à casa de banho e ela não parava de miar enquanto eu não lhe abrisse a torneira do vidé para ela beber àgua corrente(por uma questão de instinto os gatos não gostam de beber àgua parada).

A Nala uma vez arranhou-me as pernas porque eu estava a ensaiar uma peça de teatro com a mini me e ela entendeu que eu estava a bater na pequena e toca atacar-me.

Sempre que eu chegava a casa encontrava no hall a dar-me as boas vindas. Foi muitas vezes a minha salvação ao acordar-me já tardiamente, pois eu perdida com o sono desligava o despertador, então lá vinha ela miar-me aos ouvidos até eu me irritar eu acabar por acordar.

A Nala era muito bonita e será sempre uma boa recordação na minha vida, nunca conheceu um gato. dava comigo em doida quando estava com o cio e por isso comecei a dar-lhe a pílula, pois o choro dela era desesperante.Mas infelizmente talvez por isso ela tenha adoecido.

O ano passado por esta altura teve que ser operadas às mamas pois tinha tumores, passados 6 meses voltou a ser operada e tirou o resto da mamas, há cerca de quatro semana atrás começou a mancar, ao fim de uma semana decidi levá-la ao veterinário e o diagnostico não podia   ser o pior, era novamente o tumor que agora esta na zona dos intestino, bexiga e apanhava-lhe um gânglio da pata e era isso que a fazia mancar.

O tumor evoluiu rápido demais e desde de segunda-feira deixou de comer mal se conseguia mexer, arrastava a pata e passava a vida deitada. quando chegava a casa ficava um tempo a fazer-lhe festas e ela abanava o rabo devagar. deixou de atinar com o caixote, deixou de comer de beber... enfim estava ma hora. Reunimos em família e decidimos que o sofrimento dela era demais e seguimos o conselho do veterinário. Quarta feira de manhã lá fomos os quatro para a clínica, levávamos uma mantinha e um caixote de papelão... o estado dela era tão fraco que o veterinário teve dificuldade em lhe encontrar uma veia, depois de a encontrar deu-lhe um sedativo e depois uma outra injecção e o coração dela parou imediatamente! As lágrimas teimavam nos meus olhos a Mimi chorava convulsivamente e a mini me deixava que as lágrimas lhe caíssem pelo rosto, uma atrás da outra...

fizemos um funeral à Nala, foi enterrada dentro do caixote de papelão embrulhada na sua mantinha, ficou no jardim  do Sr António coberta de flores....

mas a verdade e que todos sentimos muita falta dela e estamos muito tristes!!!! 

sinto-me:
publicado por melodiadaspalavras às 17:36

04.03.09

Isto era para ser uma coisa... uma coisa séria. Mas deixei de ter tempo são 19.10 e ainda estou a trabalhar e aqui o tempo não dá nem para reparar se está sol ou a chover. É uma nova aposta, tem sido difícil, todos os dias estou à prova, todos os dias estou  a ser testada, não quero falhar, quero ser perfeita, quero ser uma profissional reconhecida. E isso deixa-me completamente em estado de alerta. Nestes últimos 6 meses tenho vivido só para este trabalho. A famosa  crise não ajuda nada no mundo dos transportes internacionais, penso que não ajudo nenhum sector, mas cada qual sente as suas dificuldades. a sorte de estar aqui é que não tenho ninguém a distrair-me e a dizer mal do PORTO E DA GENTE DO PORTO. Essa ficou para trás e que seja feliz (má língua!)

 

Chegou a casa todos os dias muito muito cansada, já não leio há muito tempo, só me apetece dormir. Este 6 meses foram muito difíceis agora já estou mais dentro dos assuntos e dentro de pouco tempo tudo vai ficar normal.

 

mal possa passo por cá

 

um abraço a todos

sinto-me:
música: the show must go one(queens)
publicado por melodiadaspalavras às 19:13

28.04.08
Para atravessar contigo o deserto do mundo
 
Para atravessar contigo o deserto do mundo
Para enfrentarmos juntos o terror da morte
Para ver a verdade para perder o medo
Ao lado dos teus passos caminhei

Por ti deixei meu reino meu segredo
Minha rápida noite meu silêncio
Minha pérola redonda e seu oriente
Meu espelho minha vida minha imagem
E abandonei os jardins do paraíso

Cá fora à luz sem véu do dia duro
Sem os espelhos vi que estava nua
E ao descampado se chamava tempo

Por isso com teus gestos me vestiste
E aprendi a viver em pleno vento



Sophia de Mello Breyner Andresen 
publicado por melodiadaspalavras às 14:20

Instalei-me aqui com uma ideia....

 

Não sei por quanto tempo ficarei...

 

Na verdade acreditei que era uma boa ideia... e talvez seja.... não sei!

 

Alguém chama por mim !

publicado por melodiadaspalavras às 14:10

Recados e Imagens - Poemas - Orkut
sinto-me:
tags: ,
publicado por melodiadaspalavras às 14:09

16.04.08


DEFICIÊNCIAS
Mário Quintana


'Deficiente'
é aquele que não consegue modificar sua vida, aceitando as imposições de outras pessoas ou da sociedade em que vive, sem ter consciência de que é dono do seu destino.
'Louco'
 é quem não procura ser feliz com o que possui.
'Cego'
é aquele que não vê seu próximo morrer de frio, de fome, de miséria, e só tem olhos para seus míseros problemas e pequenas dores.
'Surdo'
 é aquele que não tem tempo de ouvir um desabafo de um amigo, ou o apelo de um irmão. Pois está sempre apressado para o trabalho e quer garantir seus tostões no fim do mês.
'Mudo'
 é aquele que não consegue falar o que sente e se esconde por trás da máscara da hipocrisia.
'Paralítico'
é quem não consegue andar na direcção daqueles que precisam de sua ajuda.
'Diabético'
 é quem não consegue ser doce.  
'Anão'
 é quem não sabe deixar o amor crescer. E, finalmente, a pior das deficiências é ser miserável, pois:

' A amizade é um amor que nunca morre.  

sinto-me:
publicado por melodiadaspalavras às 14:34

08.04.08

Porquê que as pessoas não podem ser mais simplex? Porque que tem quer ter sempre segundas intenções no que fazem ou dizem, Porque  tem que ser tão matreiras? Estou a falar de ambiente de trabalho barra colegas. Nas costas do patrão uma picadela aqui e outra ali ok, tudo passa. Mas à frente do patrão, exploram os assuntos até levar o homem a achar que somos incompetentes... um dia passo-me dos carretos e vai haver um tufão aqui dentro. Afinal o que conta é mesmo o resultado final, ou seja o dinheiro que entra, claro que trato muito bem os meus clientes, sem eles não conseguia fazer o trabalho que faço. E eu tenho a consciência do dinheiro que cá entra através do bom serviço que presto aos meus clientes. Vem agora esta gaja que tem a mania que fala Espanhol e de mal com a vida e faz uns servicinhos a receber a 120 dias ou mais armar-se ao cagalão! Ainda por cima cagalão Algarvio, sofre de azia deve ser de estar no Porto à mais de 30 anos. Fonix , sabe tudo, tem que ter razão em tudo não dá espaço a ninguém. Agora diz que também tem uma doença como a minha(atrite reumatoide) porque ela tem que ter tudo os outros tem, coitada se eu pudesse dava-lha e ainda lhe pagava por ela ficar com esse belo presente que me saiu na rifa.

 

Bolas já não estou a conseguir lidar bem com esta merda

sinto-me:
música: tá caladinho se não levas no focinho(trabalhadores do comer
publicado por melodiadaspalavras às 13:27

07.04.08

Fico parada a olhar o monitor, não sei bem o que sinto, talvez seja só sono ou melancolia(deve ser do tempo). Olho a minha garrafa já meia com sumo de bringela e limão(dizem que emagrace), eu agora só aposto em coisa naturais, viram o que aconteceu a algumas pessoas que tomaram depuralina??? Até podiam ter morrido. Não sei porquê mas lembrei-me do frigorifico da minha mãe, todos os dias quando chego  lá a casa a primeira coisa que faço é abri-lo e ficar a olhar e a salibar com tanta coisa boa. Às vezes não resito, outras como uma maçã e só isso faz-me sentir mais forte dá-me a ideia de que estou a ganhar terreno à gulodise. Tudo engano, de que me adianta comer sopinha, iogurtes e fruta quando estou a trabalhar se chego à noite(que é a pior altura para comer) como tudo o que me aparece à frente..... já devem ter reparado, estou com um problema grave, deu-me para este lado, tou com a mania das dietas, acho que estou gorda e na verdade estou tenho mais 6 kgs do que tinha. E isso nota-se, nota-se muito. Imaginem que me perguntaram se tinha posto silicone nas mamas?? Não percebi se foi elogio ou critica, mas também não interessa.

Chove lá fora, ontem um calor e um sol... a Mimi hoje de manhã chegou ao pé de mim e disse-me - Mãe não entendo esta primavera, já viste como está o tempo... já tinha arrumado as botas mas vou ter que ir buscá-las outra vez! - disse-me isto mesmo chateada. Até eu estou chateada, ainda por cima é segunda-feira. Para me passar esta neura só mesmo uma ida ao shopping  para alegrar as vistas e quem sabe comprar alguma coisinha.....  

sinto-me:
música: BIG GIRLS DON´T CRY
publicado por melodiadaspalavras às 13:00

Mãos que orquestram palavras num jeito desajeitado numa pauta que é nada mais do que o palco da vida
mais sobre mim
Dezembro 2011
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
14
15
16
17

19
20
21
22
23
24

25
26
27
28
29
30
31


arquivos
2011:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2010:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2009:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2008:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2007:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


pesquisar
 
subscrever feeds
blogs SAPO